Serenata em Bilingue

Mais que cantar a duas vozes, "serenata em bilingue" é o uníssono de um grito comum que converge no mar. É o entendimento harmonioso do coro a duas ilhas em línguas de terra e de mar que recíprocamente se traduzem desde o princípio do mundo.
São ilhas, assim como tudo o que não se repete o são, as solidões, os triunfos e todas as profundezas dos momentos inenarráveis.
São as naus ancoradas de um panteão por adorar, decobertas por mortais que em bilingue desafiaram os Deuses.

Amélia Colaço

Agradecimentos : Câmara Municipal do Funchal, Amélia Andrade, Poeta Gonçalves, Maria Aurora Homem.

Serenata em Bilingue. Técnica mista sobre tela. 81x116 cm. 1998. - Colecção UCP - Praia - Cabo Verde.
Serenata em Bilingue. Técnica mista sobre tela. 81x116 cm. 1998. - Colecção UCP - Praia - Cabo Verde.